domingo, setembro 18, 2011

Uma imagem vale mais...

Depois digam que o estado não está ao serviço dos mercados e que estes não necessitam de forças coercivas para funcionar.


Roubado muy descaradamente daqui.

Sem comentários: