sábado, janeiro 01, 2011

Da mestria

Dói-me muito não o ter vivo. Faz-me lembrar todas as ausências. Este é o mestre.

Sem comentários: