terça-feira, dezembro 15, 2009

“Altas-Luzes” de Rita Carmo

Saldos na Assírio e Alvim dão em dois sacos cheios de livros, principalmente de fotografia. Se, em adição, estiverem a projectar o resultado da exposição da Catarina Botelho feita num edifício em reabilitação no Chiado então aproximo-me de um orgasmo contido. Mas à Catarina voltarei depois (tem de ser, não posso contornar).

Um dos livros que comprei é uma colectânea de fotografias (essencialmente retrato – a pensar em ti alexandre) da Rita Carmo, fotógrafa da Blitz desde 1992. A colecção de fotografias de músicos que passaram pelos palcos portugueses tem o nome de Altas-Luzes – talvez uma apropriação exagerada dos highlights anglo-saxónicos.

Avisa-se num dos prefácios que o livro não pretende apresentar a história da música popular nos últimos doze anos, antes quer ser uma montra do trabalho da Rita Carmo. Contudo, olhando para o seu trabalho, poderíamos esperar mais (uma olhadela pelo blog tornam estas palavras óbvias). Não se percebe porque a contextualização, para além da legenda mínima, não aparece em algumas fotografias.  Também não se percebe o critério ordenador uma vez que não possa pela cronologia ou estilos (apenas elementos que se vão repetindo permitem micro-estruturas dentro do livro). Talvez ter uma fotografia por artista (embora nem sempre se mantenha este credo) se torne demasiado castrador.

Anyway, é um belíssimo livro com fotografias que pretendem ir além do óbvio e que facilmente poderiam ser carta de visita do artista retratado (se esse hábito ainda figurasse em pleno século XXI). Deixo algumas das fotografias que mais gostei.

Altas-Luzes-001
Carlos Paredes, Teatro São Luiz, Lisboa, 1992

Altas-Luzes-002
Julian Cope, Coliseu dos Recreios, Lisboa, 1992

Altas-Luzes-003 
Cranberries, Coliseu dos Recreios, Lisboa, 1995

Altas-Luzes-004
PJ Harvey, Lisboa, 2000

Altas-Luzes-005
Clã, Bica do Sapato, Lisboa, 2000

Altas-Luzes-006
Adolfo Luxúria Canibal, Belém, Lisboa, 1998

Sem comentários: