quinta-feira, outubro 08, 2009

São dores

Estou a ver o debate com os candidatos à Câmara de Lisboa. O meu pâncreas mirra e a perna direita treme. O candidato do MMS fez o teatrinho da noite num gesto melo-dramático de pouco alcance. António Costa (PS) é levado ao colo pelo Ruben Carvalho (PCP) e Luís Fazenda (BE). Pedro Santana Lopes (PSD) mostra-se em ar de leão que rosna baixinho por cada tirada de Rúben Carvalho. Depois a míriade dos pequenos partidos (MEP, PCTP, PTP, PNR) que não conseguem marcar posição. Mas logo sossego que falamos apenas da capital do país.

Sem comentários: