quarta-feira, outubro 28, 2009

Pedaço

Não sendo pessoano, isto vale a pena:

“Amo-vos a todos, tudo, como uma fera.
Amo-vos carnivoramente,
Pervertidamente e enroscando a minha vista
Em vós, ó coisas grandes, banais, úteis, inúteis,
Ó coisas todas modernas,
Ó minhas contemporâneas, forma actual e próxima
Do sistema imediato do Universo!
Nova Revelação metálica e dinâmica de Deus!”
excerto de '’Ode Triunfal’ de Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa)


Da série ‘Lisbon Revisited’ por Jorge Colombo (Fotografias sobre poemas de Álvaro de Campos)

Sem comentários: