terça-feira, outubro 20, 2009

Cópula

A vaga de suicídios na France Telecom não afectou as contas da empresa, garantiu o presidente da operadora, Didier Lombard.


Um estudo da KPMG revela que a pressão existente nos Estados Unidos para conseguir resultados a qualquer preço é o principal motivo para a fraude e má conduta nas empresas, em particular na banca.

2 comentários:

Anónimo disse...

O Presidente da France Telecom deveria ser responsabilisado pela morte dos 25 funcionários que se suicidaram: Não há coincidências e o número de suicídios e a relação comum entre os seus autores demonstra qual foi a causa. O Presidente deveria pagar pesadas indemnizações aos familiares das vítimas por ter sido o responsável. O Estado francês também tem a obrigação de responder adequadamente a este acto criminoso para evitar que se repitam situações similares.

Nuno Vieira Matos disse...

E isso não é mais que bom senso. Basta bom senso.