sábado, setembro 05, 2009

Curtas III

Manuela purgou de seu leito todas as figuras incómodas. A cornucópia seca para quem não alinha com a chefe. Depois Manuela sente o desprezo por quem quer bem. À noite no quarto do hotel, depois não ter conseguido comentar a asfixia do outro, chora sozinha sobre a moldura de Aníbal.

Sem comentários: