terça-feira, abril 07, 2009

As contas do PPM

O choque pelas declarações de Fernando Nobre por parte de Paulo Pinto Mascarenhas. Corre-se o risco de pensar que o autor é sensível ao sarcasmo, devido ao "mau gosto". A machada final: o subsídio. Vejamos então o peso dos subsídios nas contas da AMI:

 - Entidades públicas: 23%
 - Entidades privadas: 5%
 - Donativos: 17%
 - Donativos em espécie: 13%
 - Proveitos financeiros: 22%
 - Outras receitas: 20%

Não há nada como argumentos consequentes, certo?

Sem comentários: