segunda-feira, outubro 01, 2007

Fotografia: Série à volta da sombra do branco

Vi-te debaixo daquela lona branca que se projectava no solo através da sua sombra. Mirei-te no meio da multidão tentando salvaguardar parte do teu espaço usando o corpo em losângulo e os lábios cerrados. Sem aviso prévio ao homem do tambor deste um passo em frente enquanto deixavas os cotovelos a marcarem o espaço acabo de abandonar. Depois curvaste à direita enquanto reagrupavas os braços na direcção do teu corpo. Quando voltei a cara para acompanhar a tua figura já so te vi o pé esquerdo em jeito desfocado, que a esquina te escondeu. Deixaste-me ali sozinho com a sombra. Cheirou-te a beijo ali perto concerteza, e tu foste como predador do sangue que estava a ser comprimido nos lábios e nos seios. Não te segui que nos sonhos tenho dificuldade em correr mas imagino que ficaste a olhá-los para ver como se faz.

Nuno Vieira Matos, Vila Nova de Cerveira, 2006

Nuno Vieira Matos, Córdoba, 2006

Nuno Vieira Matos, Málaga, 2006

Sem comentários: