sexta-feira, junho 29, 2007

É preciso o amor, a Pina Bausch e o Henry Purcell

Sem comentários: