segunda-feira, junho 11, 2007

Paris, je t'aime


Acabei de ver este filme e lembrei-me das saudades que eu tenho de Paris, o quanto amo Paris, o quanto me fazem falta as ruas que me engolem a solidão e me acompanham e acariciam como se de uma só mulher se tratassem. Aquela mulher que nunca encontramos, a não ser nos sonhos antes de acordar bem tarde na manhã. Aquela mulher que me completa quando me abraça. Aquele sonho onde me pergunto porque raio não faço amor o mais rapidamente possível com esta mulher.
Mais do que Lisboa, mais do que Viseu, mais do que qualquer outro local no mundo, sinto falta de Paris. Cheguei lá a primeira vez pela Gare de Austerlitz, feito emigrante dos anos 50, reparo agora que nunca mais de lá saí...

1 comentário:

Restelo disse...

Filme muito engraçado e original acerca de uma cidade insqueçível. Eu vou lá amanhã... No meu blog conto melhor o porquê deste amour pour la France, la France qui reste toutjours dans mon coeur.